Khristos

Tempo de leitura: 1 minuto

No inglês antigo, Crīst; no latim, Christus; no Grego, Khristos.
Porém, a palavra Cristo, que significa rei ou “grande sacerdote” tem origem no hebraico “Moshiach” proveniente de uma era messiânica de onde originou o Judaísmo.
Na Bíblia, o próprio Livro de Isaías 45 coloca Ciro como o “escolhido” por Deus para cumprir seu plano.
Por outro lado, Jesus, ou Yeshua, foi, e ainda é também o “Cristo” (ou o escolhido) para muitos…
Na evolução psicológica, quem também nasceu ali foi a desalinhada “culpa” naqueles que não acreditavam e/ou concordavam com algum messias, e/ou nas leis impostas pelo rei da época, o que trouxe uma total dissociação da realidade. Tal dissociação atualmente fica cada vez mais acentuada porque, de facto, ela vive dentro de cada um, uma vez que no mundo contemporâneo sequer sabemos discernir o bem do mal.
Ou seja, somos quebrados em nossas leis pessoais, muitas vezes querendo-as impor aos outros como se “escolhidos” fôssemos, e controlando o mundo ao nosso redor como se “deuses” quiséssemos ser!
Ah tá.
Pessoalmente falando, acredito que estamos todos no mesmo barco.
Cada um, navegando de uma forma ou outra, mas todos navegando juntos.
O comandante deste barco?
De uma coisa sei: não sou eu e nem é você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *