O corpo fala! O corpo escuta!

Tempo de leitura: 4 minutos

Depoimento de Therese Wade

Essas palavras transformadoras, faladas por mulheres indígenas, me motivaram a começar a minha jornada interior a fim de descobrir a extraordinária capacidade de cura do corpo humano.

Quando essa perspectiva me foi apresentada, eu estava sofrendo de um grave distúrbio de dor crônica. De repente, imaginei incorporar esse conceito à minha rotina de meditação.

Eu pensei: o meu corpo pode me ouvir? posso falar com ele para obter sua cooperação na cura dessa condição?

O caminho para a liberdade

Naquela noite, depois de alcançar um estado de profunda calma por meio da meditação, me envolvi em uma conversa sincera de total esperança  com meu corpo, mas não tinha ideia do que esperar. Após cerca de uma hora dessa comunicação focada, algo incrível aconteceu…

Meus tecidos começaram a responder. O tecido conjuntivo puxou e esticou camadas de tecido cicatricial. Os nervos dispararam e meus músculos da panturrilha começaram a realizar exercícios de flexão e extensão, independentemente do meu controle consciente.

Como essa resposta continuou, um dos meus músculos da panturrilha que ficaram paralisados ​​devido a uma condição neuropática — diagnosticada como Distrofia simpático-reflexa — voltou à vida quando algo como um choque elétrico atingiu a área.

Meu coração batia forte e foi ali quando percebi que o caminho para minha libertação havia finalmente começado…

Diretrizes para Cura Dinâmica

Com formação em acupuntura e medicina oriental, eu sabia muito bem como a dor crônica é prevalecente neste país. Com isso, me perguntei o que as implicações desse fenômeno poderiam significar para tantos outros que também estavam sofrendo.

Assim, como continuei a progredir, organizei essa minha abordagem, num sistema que eu poderia ensinar aos meus clientes e mudei o foco profissional para a hipnoterapia.

Ao instruir meus clientes, explico que é necessária uma prática regular de meditação para treinar o cérebro a entrar nos estados de ondas cerebrais alfa e teta. Enquanto nesses estados, a comunicação entre a mente consciente e o corpo físico é dramaticamente aprimorada.

Descobri que, ao se comunicar, existem três etapas principais para obter a cooperação do corpo:

1) Aproxime-se do seu corpo com genuína compaixão, entendendo que ele é composto de células conscientes que experimentam emoções.

2) Construir confiança, envolvendo seu corpo em conversas mentais sobre o seu desejo de vocês dois, para cooperar e superar a doença.

3) Permitir mudanças na conversa usando diferentes pensamentos e palavras que provocam emoções elevadas espontâneas.

Pela minha experiência, as diretrizes acima são necessárias para obter respostas dinâmicas de cura no corpo.

Capacidade de Cura Criativa Bruta

Alguns cientistas acreditam que o desenvolvimento posterior da física quântica pode nos ajudar a entender esse campo que comunica a intenção emocional entre os seres vivos. 

O emaranhamento quântico é um processo no qual duas partículas de matéria que interagiram entre si ainda se comportam como se estivessem conectadas depois de estarem separadas por muitos quilômetros.

Quando uma mudança energética é feita nas propriedades (posição, momento e rotação) de uma das partículas, as propriedades da outra partícula distante mudam no mesmo instante.

Este fenômeno científico e a pesquisa de Cleve Backster apontam para o conceito oriental de unidade — a visão de que toda a natureza é interdependente. 

As culturas antigas entendiam essa interconexão como um campo de energia universal e vivo que sustenta a vida enquanto orienta a evolução da consciência por todo o universo.

As técnicas de meditação envolvidas na minha prática trazem a mente para a sintonia com este campo. A energia deste campo é então focada em um evento de cura física através de uma intenção clara — transmitida por meio de uma conversa que evoca emoções espontâneas — e sintoniza o corpo físico com a mente consciente.

Esse método, que eu chamo de Antara (em sânscrito por dentro), permite que alguém experimente a capacidade de cura criadora bruta gerada por uma aliança da mente e do corpo com esse campo de energia universal e vivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *